domingo, 13 de abril de 2014

Me ensine a caminhar na ausência do seu olhar

Ando pelo mundo procurando por você em todos.
Arrumando desculpas para não recomeçar.
Sofrendo por nunca voltar a amar.
Dessa forma tão pura, forte e verdadeira que foi fácil me ensinar.
Sua ausência só mostrou que nunca soube me guardar em ti.
E que sempre te guardei muito bem em mim.



Daniela Silva

10 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Dani.. muito grato pela tua visita.. pois é moça querida.. hj em dia tudo parece difícil.. parece que o negativo quer sempre tomar conta dos nossos pensamentos.. mas lembre-se a ajuda sempre existe, para quem procura, para quem quer expandir a consciência.. muitos se perdem nos amores vazios.. mergulham em uma solidão interminável.. sempre haverá saídas.. sobre tua postagem.. antes de procurarmos o tal amor ou o que mais desejarmos no todo, temos que procurar em nós mesmos.. a gente esquece de si muitas vezes e nem se dá conta.. pq não deixar as coisas fluírem no ritmo delas..
só é hora na hora , antes da hora ainda não é hora.. bjs de bom dia

jair machado rodrigues disse...

Querida Dani, frase emblemática - Me ensine a caminhar na ausência do seu olhar - para mim, fiquei tanto tempo perdido, sem rumo e triste, mais que esta tristeza que carrego comigo, quando percebi que só eu amava, e mesmo assim, me sentia feliz, mas acabou e eu fiquei um bom tempo perdido, fazendo isso que dizes, tinha muitas desculpas pra não recomeçar...obrigado por tuas palavras tão bem vindas no meu coração, que o faz perceber que eu falhei, mas foi por ter amado, e amar é sagrado, então acredito que esta minha falha tenha seu perdão. Eu sempre soube guardá-lo no meu coração, mas não aconteceu de meu coração ser guardado.
Teu blog é apaixonante. Obrigado.
ps. Meu carinho meu respeito e meu abraço.
ps2. Tua visita salvou minha alma blogueira, fizeste um blogueiro feliz, obrigado.

Rapha Barreto disse...

Nunca tinha ouvido está musica,é bonita e a letra melhor ainda!

Beijos e ótima semana

http://mylife-rapha.blogspot.com

Jorge Leandro Carneiro disse...

Todo amor é o primeiro. Todo amor é o último. Todo amor é o mesmo. Todo amor é único.

jair machado rodrigues disse...

Naõ tinha visto a música, que voz linda, parecida com a da Maria Gadu, bela melodia, a letra fala de amor...
ps. Carinho respeito e abraço

Fábio Murilo disse...

O amor e suas muita variantes. Gostei Dani

Lê Fernand's disse...

quando essas desculpas acabarem, sentirás o gosto bom da liberdade, de escolher o amor próprio!


sorte! ;)

Suzi (Vulgo, Emilie) disse...

isso foi triste. Amores unilaterais sempre são tristes... ;_;

Anderson Lopes disse...

O título em si já um poema de grande beleza!

Skyline Spirit disse...

pretty nice blog, following :)