quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Feeling good

A vida me tirou para dançar
Errei os primeiros passos
Senti seus braços a pesar em meus ombros
Tropecei em seus pés e cai
A vida veio assim, com seu riso torto
Levou-me para o meio do salão
E começamos a rodar, e rodar, e rodar
Senti o vento a acariciar-me a pele
Quando a vida segurou-me pela cintura
Tudo agora era novo, porém, não fácil
O tempo já não fazia mais sentido
Pessoas chegavam e partiam
Nina Simone encerrou seu blues
E nem mesmo assim paramos a dança


"Você sabe o que eu quero dizer, não sabe?
Você sabe como me sinto".

And this old world is a new world
And a bold world
For me

Daniela Silva

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Nunca vai embora

Procurar por metáforas para dizer o que sinto tornou-se cansativo com o tempo. 
Tempo esse que tem passado rápido e sido metodicamente redundante. 
É engraçado olhar para a vida e ver que tudo está bem.
É triste saber que tudo está bem, e ainda assim, sentir no peito uma grande vontade de partir. 
Tudo torna-se realidade enquanto durmo, mas não posso dormir para sempre.
Posso dizer que o céu nublado traz esses sentimentos melancólicos, ou posso colocar a culpa na tpm...
Mas procurar um motivo de nada irá adiantar, quando tudo o que se sabe é que essa vontade nunca vai embora.


Daniela Silva

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Enlarging your world

Imersa em momentos insanos
tento encontrar o fundo do poço.

Dou um trago em paixões que me destroem
e abro meus olhos para um mundo novo.

Meus lábios entoam cânticos melancólicos
enquanto meus ouvidos tentam captar o silêncio
em meio a todo esse barulho que me aflige  
toda 
vez 
que
saio 
do 
meu 
quarto.

I find it hard to tell you
I find it hard to take
When people run in circles its a very very
Mad world


Daniela Silva

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Para e Olha Pra Mim

Para e olha pra mim
Para e deixa pra lá
Deixa eu entrar em você por algum olhar


Deixa eu gostar de você
Teus medos posso curar
Deixa eu levar tua vida pra outro lugar


Para e olha pra mim
Vê que já basta olhar
Deixa eu plantar um carinho no teu peito inquieto



Daniela Silva