quarta-feira, 26 de junho de 2013

Afinal, tudo é mesmo relativo.

Não vai à festa junina a caráter? Não sei nem se vou, imagina a caráter - respondeu sem desviar os olhos do livro. Você precisa se divertir... Diversão é algo relativo, não há como discutir sobre isso. Já fazem três sábados que você não sai - insistiu. Preciso colocar as séries em dia. Vai ter rodeio na cidade semana que vem - informou. Não gosto. Quermesse? Muita gente, muito barulho. Você precisa fazer novos amigos... Estou feliz com os que tenho. Mas vocês não se vêem, nem sei se conversam - continuou insistindo. Nos vimos semana passada no show do Nando, nos falamos todos os dias pelo facebook ou sms, não tenho culpa se eu e meus amigos moramos em extremos da cidade. Olha essa pilha de livros - suspirou - vai acabar ficando louca! Já terminou seu discurso? -perguntou. Você é tão jovem, mas tem alma de velha. Foi por isso que seu ex te deixou... Ainda bem, ele era mesmo um idiota. Você precisa se divertir - disse e fechou a porta.
A garota esboçou um sorriso e virou a página.


Daniela Silva

15 comentários:

Cássia Vicentin disse...

Virar a página faz bem :')

Beijos
www.procurei-em-sonhos.com

Andressa Pereira disse...

Unf, nada melhor do que viver num lugar onde você pode assistir personagens e ama-los, odia-los e tê-los sempre contigo.
Livros são sempre nossos melhores amigos

Identidade Aleatória
Facebook

Ícaro Machado disse...

Sem dúvidas o que mais me identifiquei. Principalmente pela parte da alma de velho, às vezes, acho que crio raízes em minhas manias, livros, contos, amigos e letras. Raízes velhas, talvez sejamos velhos. Belo texto, deu vontade de virar a página e aumentar o volume do rádio, pois não vejo quase tevê, costume de velho.
http://remember52.blogspot.com.br/

Priscila Ramos disse...

Realmente!
É relativo,cada um se sente feliz de um jeito.Livro é vida ♥

http://psicodoce.blogspot.com/

Rapha Barreto disse...

Tudo é relativo, um bom livro sempre é melhor do que um lugar que não nos atrai.

Ótima semana.

beijos

Mateus Medina disse...

Tenho um "exemplar" bem parecido com esse lá em casa rsrsrs

bjos

Anderson Lopes disse...

Quem precisa do resto quando se tem um livro na mão?? belo texto!

Francielle Couto Santos disse...

Às vezes é complicado virar a página, mas quando se consegue fazer isso, é uma maravilha!

Um abraço!
http://universoliterario.blogspot.com.br/

Kathleen Pádua disse...

Virar a página sempre é a melhor coisa! Lindo o texto, escreve muito bem, parabéns! Estou seguindo seu blog.
Beijos
http://december97.blogspot.com/

Amanda Almeida disse...

Esse texto me resume, sou exatamente como a moça da estória, diferenciando que os meus amigos, nem todos entendem meus habitos de ler. Enfim, mas nada melhor do que virar uma pagina e encontrar uma infinidade de coisas nesse objeto simples chamado livro.
Abraços,
Amanda Almeida
Você é o que lê

Bruna disse...

Olá
Adorei o texto.
Mesmo amando sair as vezes prefiro a companhia de um livro ou uma série.
Beijos

cocacolaecupcake.blogspot.com.br

Letícia Giraldelli disse...

PÔ, mas como diz o nosso poeta Fernando Anitelli, e eu concordo... "Quero moça de quermesse que quer missa pra casar"
Do resto que escreveu, concordo com tudo!
=)

REINVENTANDO disse...

Perfeito Dani!! Existe várias pessoas que tem esse estilo de vida e muitas vezes não são respeitadas por isso.
Muito bom o seu blog!!Parabéns e já estou te seguindo.
Abraços.Sandra

Larissa V. disse...

Me identifiquei muito, também tenho carinha de 20 com o resto de 70 xD Não sou muito chegada em festas nem em "badalos" com lugares muito cheios de gente vazia. Mas parece que só isso é igual à diversão. É, realmente, tudo é relativo.

Besos!

Larissa Bello disse...

A diversão está em nós mesmos e não nos outros. Ainda bem!

Bjos