domingo, 17 de fevereiro de 2013

Adeus

Caminhava pela rua iluminada com diversos pub's e pessoas por toda parte.
Esse lugar ela conhecia muito bem.
Entrou no pub que mais nostalgias a trazia. Sentou no balcão, pediu uma cerveja e acendeu um cigarro.
A fumaça no ar, a cerveja gelada, a baixa iluminação, as pessoas, as músicas... Que lugar acolhedor. Logo começou a se arrepender das novas escolhas que havia feito. Fechou os olhos, sabia que era o melhor para ela.
Deu uma última tragada, deixou o corpo balançar no ritmo da canção.
Não imaginava o quão difícil seria ter que deixar algumas coisas para trás. Sentiu um aperto no peito, terminou a cerveja em três goles, deixou o dinheiro no balcão e começou a caminhar até a saída. Deixou para trás todas as lembranças da velha vida e pode ouvir pela última vez alguém pedir para tocar Raul.

Daniela Silva

17 comentários:

Rapha Barreto disse...

As vezes as escolhas são dificeis, mas são necessárias, nem tudo na vida é alegria, como também nem tudo é dor. Amadurecer e crescer envolve deixar coisas para trás que já foram importantes para nós.
Amei o texto.

Beijos e ótima semana.

Stella Valim disse...

Que texto lindo, Dani, muito mesmo.

@awnste
http://www.senhoritaliberdade.com

Nati disse...

Infelizmente temos que dar passos pra frentes e automaticamente deixamos coisas e pessoas para trás. Porém se isso acontece é porque aquelas coisas e pessoas não nos seriam úteis naquela nova fase da nossa vida. Sofri e demorei muito tempo para aprender isso. Beijos

Mundo de Nati
@meuamorpravoce

s. disse...

Pois, resta saber qual é o motivo.

Julianna Alves disse...

ótimo texto, flor! Bateu um sentimento noir aqui haha... e só pra não perder o costume da 'velha vida': toca raul! (:
beijos e boa semana!

Secreta disse...

Em determinadas alturas da nossa vida, temos de seguir um novo rumo e deixar o passado ficar no seu lugar...
Beijito.

Carissa Vieira disse...

Muito bom!
Sempre temos que dar adeus a algumas coisas e seguir em frente.

Beijos,

Carissa
Arte Around The World

Iasmin Cruz disse...

As vezes é melhor deixar certas coisas para trás.

Suzana disse...

Como um simples texto, poucas linhas, pode ser tão profundo, não sei explicar... Mas realmente, o momento "da mudança", é mt forte.


Adolecentro

Bell disse...

recomeçar sempre, desistir jamais.
bjokas =)

Princess disse...

ótimo texto! o que eu mais gosto é dessa subjetividade que a escrita traz consigo.
abraços!

Arlete disse...

Esquecer o passado ,viver uma nova vida é sempre dificíl,as ,vezes uma mudança,um recomeço é bom.Beijos

Patrícia N. disse...

O abandono do passado é um dos êxtases mais nobres que as nossas pobres almas humanas podem experimentar.

http://complicatedimperfect.blogspot.com

Erica Ferro disse...

Ai, velho! Que massa! Adoro essas estórias de gente perdida, que vai em pubs, arejar a mente, toma uns goles de cerveja, curte uma música e saí por aí.
Massa demais!

E amei que você tenha citado Raul nesse mini conto.
Eu amo Raul! ♥

Sacudindo Palavras

Yara Andrade disse...

Ain, eu simplesmente adorei o texto, de verdade! É muito simples, mas ao mesmo tempo tem bastante significados. E você citou o Raul *-*
Beijos

http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

As Alices disse...

Texto curto e forte!! ADOREI!
Acho que todos nós temos esses momentos de deixar algo para trás! muito bom! Parabéns!
Beijinhos, Ju.

Giulia Ladislau disse...

Lindo texto, não sabia que você escrevia. Está de parabéns!
Beijinhos!
Giulia - Prazer, me chamo Livro